BSBIOS e UPF firmam parceria para o desenvolvimento de pesquisa e inovação


assinatura conveio upf 



Convênio desenvolverá tecnologia e novos conceitos e, dá partida para o próximos 10 anos da empresa 



A BSBIOS e a Universidade de Passo Fundo (UPF) já têm algumas parcerias estabelecidas em benefício do esporte. Na manhã desta quarta-feira (15), uma reunião selou o compromisso para a realização de mais um importante trabalho conjunto. Na oportunidade, foi firmado um acordo de cooperação entre a empresa e a UPF, que, nessas ações, contará com os trabalhos desenvolvidos no Parque Científico e Tecnológico UPF Planalto Médio (UPF Parque). A assinatura foi feita pelo diretor presidente da BSBIOS, Erasmo Battistella, pelo diretor administrativo e financeiro da BSBIOS, Moacir Petch e pelo reitor, José Carlos Carles de Souza.



Comemorando os dez anos da empresa nesta quarta-feira, Erasmo Battistella ressaltou a importância de construir bases sólidas com a Universidade. Para ele, o conhecimento produzido na academia é fundamental para o enfrentamento dos desafios de um mercado dinâmico e competitivo. “Hoje é um dia importante, não somente porque celebramos os nossos dez anos, mas porque damos início aos próximos dez. E, com esse convênio com a UPF, iniciamos essa perspectiva de começar a construir, para que continuemos nessa parceria vitoriosa, desenvolvendo tecnologia e novos conceitos para melhorar Passo Fundo e região, gerando conhecimento e riqueza”, pontuou.



A nova parceria trata da disposição de ambas as instituições em desenvolver projetos de inovação na área de atuação da BSBIOS, relacionados a questões que envolvem desde a diversificação da matéria-prima até a logística, a agregação de valor a subprodutos e o acompanhamento de impactos ambientais. Para o reitor, a Universidade está dando um passo importante para contribuir ainda mais com a comunidade e a região. “Esse convênio reflete os novos passos para o futuro, concretizando os propósitos do UPF Parque. Com isso, apostamos nos desafios que virão para alavancar pesquisas de ponta e aplicadas, que dialogam perfeitamente com a área econômica da nossa região”, frisou.



O diretor administrativo e financeiro da BSBIOS, Moacir Petch, ressaltou que deseja que a UPF seja para a BSBIOS o mesmo que a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) é para a Petrobras, no sentido de desenvolver pesquisas aplicáveis para o desenvolvimento de produtos e processos inovadores.